terça-feira, 4 de janeiro de 2011

o amor ao outro.

quando gostamos de alguém damos tudo de nós. damos o nosso amor, o nosso ouvido, ou até dois, damos minutos, horas para ele gastar o seu latim a contar os seus problemas, dúvidas, incertezas que persistem, damos disponibilidade para o tranquilizarmos a qualquer instante. damos anos da nossa vida. ou até a nossa vida inteira. quando gostamos de alguém tratámo-la como se fosse a nossa flor e necessitasse de todos os cuidados que a natureza lhe fornece instintivamente. damos-lhe beijinhos, uma palavra amiga a qualquer hora, um abraço que conforte um momento menos bom. quando gostamos de alguém abdicamos um bocado de nós para preencher fendas vazias, espaços indesejados de um outro alguém. e quando gostamos de alguém que segue um caminho diferente, aceitaremos, com uma certa dor, talvez, mas aceitamos. aceitamos porque amamos. porque, talvez um dia, volte para nós. volte a ser tratada por nós. e continue a ser amada por nós.

8 comentários:

Ana Luísa disse...

e amar alguém é sem dúvida espantoso

Daniela Gandra disse...

vocês são tão lindos! *-*
ooooh muito muito obrigada joana linda! esperemos que assim seja mesmo!
e adoro adoro de coração o texto.

Catarina disse...

Talvez o amor exija demasiado, mas é certo que também recebemos sempre algo em troca! (:

Ana Luísa disse...

por acaso aconteceu-me um bom exemplo do que é amor ao outro :b
amor ao outro é mandarem-te uma mensagem já tarde a dizer: "preciso de ti, mas se calhar já é tarde e tu queres ir dormir. se quiseres eu entendo" e tu responderes: "não, deixa lá, também não tenho sono, fala!" quando na verdade estás a cair de sono, no dia a seguir tens que te levantar cedo pra burro, mas ainda assim fazes o maior esforço da tua vida para manter os olhos abertos. isto é que (também) é amor ao outro :)

t disse...

o que dizes é tão verdadeiro *.*

t disse...

podes crer, o amor tanto é a melhor coisa do mundo, como pode ser o que mais nos magoa, o que mais dor nos traz *.*
não tens que agradecer, obrigada eu :)
sabes que gostei muito do teu blog .p

Ana Luísa disse...

sim, eu acredito, eu dei o exemplo da mensagem porque me aconteceu isso à pouco tempo, com um amigo :)

Kimberly disse...

Que blog tão fofinho *.*
Quando gostamos de alguém damos o que temos e o que não temos. Damos tudo.

Vou seguir*

Beijinhos